Produtividade no desenvolvimento Android: testando o AQuery e o RoboGuice

Como último estágio antes da retomada do desenvolvimento da nova versão do aplicativo da Revista Espírito Livre, resolvi testar dois frameworks que prometem mais produtividade e código mais limpo para suas aplicações Android. O objetivo dos testes é escolher um deles para utilizar na próxima versão do aplicativo.

O primeiro será o AQuery, componente que provê uma API ao estilo do framework Javascript JQuery, tornando o código mais compacto e expressivo.

O segundo será o RoboGuice, uma extensão do framework Java de IOC Google Guice com funcionalidades específicas para o mundo Android.

Para os testes, utilizarei a primeira versão do aplicativo da REL. Segue um trecho de código do aplicativo original para servir como comparativo:

AQuery

Antes de tecer qualquer comentário, segue abaixo como ficou o código original portado para o AQuery:

Pontos positivos

Pontos negativos

RoboGuice

Vamos partir agora para o teste do RoboGuice. Veja como o código original ficou com a utilização do framework:

Pontos positivos

Pontos negativos

Conclusão

Avaliadas as duas opções, decidi por utilizar o RoboGuice em meus futuros projetos. Ele é bastante poderoso e trará grandes vantagens para a qualidade do código e para a produtividade no desenvolvimento. O que eu fiquei mais impressionado com o framework foi a quantidade de recursos úteis que ele dispõe.

Não explorei a fundo tudo o que o RoboGuice poderia me proporcionar, pois exigiria uma refatoração completa de uma aplicação que será jogada fora. Isto não significa que o RoboGuice seja intrusivo no código, mas porque ele reforça boas práticas de programação.

Se você discordou de alguma avaliação minha ou tem alguma coisa a acrescentar, utilize a sessão de comentários logo abaixo para compartilhar comigo!

Veja também: